DuckTales | 2×18 – Happy Birthday, Doofus Drake!

E DuckTales faz referências a diversos jogos e a cultura japonesa, mas o mais interessante foi colocar Dora Cintilante e Luisinho, pois o mais preguiçoso dos irmãos, que quer ficar rico a qualquer custo, acaba se aproximando dela para ter o dinheiro fácil.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Patinhas alerta Luisinho, mas deixa o sobrinho entrar em suas aventuras ao lado de Dora, que fica encantada com a perspicácia do garoto, e ambos se unem para conseguir a maior quantia em dinheiro de Asnésio.

A festa do garoto mimado, que trata os pais como mordomos, enquanto idolatra a avó, acaba sendo um jogo para ver quem ele pode pegar para substituir essa avó. Ri com Pão-Duro MacMônei levando um boneco de ventriloquismo como sobrinho, e sendo expulso, mas é o robô inteligente de Mark Bicos quem dá trabalho para Luisinho e Dora.

Quando consegue eliminar os concorrentes, Luisinho até pensa em fugir com o dinheiro e deixar Dora com Asnésio em sua redoma de vidro, mas volta para ajudá-la. Além de salvar os pais de Asnésio de suas neuras, Luisinho consegue um lugar no coração de Dora, mas o dinheiro sempre vem antes.

E falando sobre sair da zona de conforto, Della e Huguinho entram em uma aventura em um jogo de videogames, mas ele só fica em sua zona neutra, onde colhe pontos e nunca evolui, e fica apenas cuidando da horta. Della quer aventura, quer explorar o jogo, e Huguinho só sai da zona de conforto ao vê-la se divertindo com o personagem online de Capitão Bóing.

Ao sair de sua zona de conforto, um monstro destrói sua horta e sua casa, e Della acaba sendo capturada. A referência da evolução do personagem de Huguinho com Dragon Ball Z foi sensacional! Della tem seu visor estourado e comenta “ele tem mais de 9 mil” em referência a Vegeta e a evolução do personagem de Huguinho é uma clara referência a Goku virando Super Saiyajin.

DuckTales mostra que a amizade é muito importante e sair da zona de conforto também, pois pode deixar acomodado e não aproveitar o melhor da vida, ao mesmo tempo que os exageros podem causar problemas. A animação está demais!

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.