DuckTales | 2×04 – The Town Where Everyone Was Nice!

Fazendo uma incrível homenagem à animação Você já foi à Bahia?, de 1944 e a primeira produção da Walt Disney a combinar humanos e animação, DuckTales reuniu Os Três Cavaleiros para uma homenagem deliciosa, trazer o Brasil e o México para a animação e ainda mostrar como a tecnologia afeta muito as viagens e passeios, além, é claro, de como uma mentirinha pode sair do controle.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A trama do episódio foi bem simples, pois foi um reencontro de Donald, Zé Carioca e Panchito, os 3 principais da animação Você já foi à Bahia?, e logo de cara descobrimos que Tio Patinhas não gosta de quando eles se juntam, enquanto Huguinho, Zezinho e Luizinho ficam empolgados de ver essa nova faceta do tio.

A chegada dos amigos é deliciosa, animada, mostrando a nacionalidade de cada um, adentrando a cidade onde todos são agradáveis, e lógico, ela é no Brasil, com direito a conta em Real, muqueca baiana e mensagens em português pelas fontes e placas. Lógico que exageram nos estereótipos, mas foi bem bacana ver a mensagem que a série passa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A planta que deixa todos felizes no final é algo do mal em que todos precisam lutar para sobreviver, e é Donald, com sua voz esganiçada, quem destrói a carnívora.

Ao redor dessa tama temos Patrícia tentando fazer Zezinho e Luizinho aproveitarem mais a viagem, ao invés de ficarem tirando fotos e postando tudo o que veem. Amei ela surtando com eles falando que aproveitariam cada minuto assistindo os vídeos ao chegar em casa.

Já Huguinho acaba sendo o amigo do tio, o que convence Patinhas a ajudar o sobrinho também. Uma coisa que achei legal foi ele reconhecer que o tio deixou tudo para poder tomar conta deles, e ri com Zé e Panchito falando que eles conheceram eles quando ovinhos e que um caiu.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A montagem de DuckTales e essa construção de usa mitologia é muito bacana. E só melhora quando traz tantos momentos clássicos dos personagens engrandecendo e homenageando cada um deles. Impossível não terminar o episódio com a trilha sonora batendo na cabeça.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.