Desventuras em Série | 1×03-04 – A Sala dos Répteis

Assumi as reviews de Desventuras em Série que estavam com o Miguel Morales (primeiras impressões) e já começo comentando sobre o livro A Sala dos Répteis, adaptada nos episódios 3 e 4 da série da Netflix. A adaptação dos livros para série continua muito fiel a sua versão impressa e as inserções para a adaptação visual complementam a obra de Daniel Handler, que se expande e já ganha uma outra dimensão.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A vida dos irmãos Baudelaire, Violet, Klaus e Sunny, parece ter uma folga com a ida deles para a mansão de Dr. Montgomery Montgomery, depois de passarem o inferno na casa de Conde Olaf e escaparem de uma vida miserável. A sorte é que o próximo da lista para abrigá-los é o irmão da mulher do primo de seu pai e eles e Sr. Poe concordam ser o melhor.

Pela primeira vez eles se dão bem com alguém e Montgomery só quer o bem deles, mostrar suas descobertas em biologia, como a Mamba do Mal, a cobra mais amável do mundo, mas que tem esse nome como uma pegadinha que ele faz para a comunidade. Todo o desenvolvimento dos episódios é em volta do herpetologista e as reações dele com a chegada das crianças, que ele simplesmente ama ter ali com ele, e também a de Stephano, seu novo assistente.

Infelizmente a presença de Stephano, ou melhor, Olaf é desesperadora, pois ninguém acredita nas crianças e nosso desespero só aumenta. Assistir aos episódios é angustiante e com a morte de Montgomery as coisas pioram. Sorte que Poe aparece, mas ele também não acredita. Na verdade Poe é tão desligado que nunca percebe as coisas em seu nariz. Gusavo foi morto por Olaf, assim como o próprio Montgomery, em uma jogada deliciosa entre Violet, Klaus e Sunny, que até brinca com a Mamba do Mal.

Os homens de Olaf são hilários, eles vestidos de policias e criminalistas nos fazem rir, mas infelizmente dá certa agonia com o desespero dos Baudelaire. Sim, se não gosta é melhor não olhar!

Sempre protegidos pela presença oculta de Jacqueline, as crianças mais uma vez é salva e são encaminhadas a uma próxima casa…

Falando em Jacqueline, logo descobrimos que ela, os pais Baudelaire e até Montgomery, são parte de uma organização, e Olaf está atrás de informações. Os pais Baudelaire conseguiram escapar de sua prisão, mas estão no Peru, destino que Olaf tenta ir, mas acaba no mar, pois Jacqueline consegue recuperar a luneta de Klaus.

As crianças continua fantásticas, a representação de Olaf está bem dosada, mostrando o melhor de Neil Patrick Harris, só acho que peca nos excessos da utilização do Narrador. A cena do cinema cheia de mistério foi bem instigante, mas Montgomery sendo tão “tapado” para Olaf enche um pouco a paciência.

Desventuras em Série é para quem tem o coração forte, se não tem, vá ler sobre Meu Malvado Favorito 3

Fico por aqui, comentem e to be continued