DC’s Legends of Tomorrow | 2×16 – Doomworld

E nos aproximamos do último episódio dessa temporada de Legends of Tomorrow e confesso que a série deu uma guinada mais interessante em seus últimos momentos. Ela demorou a se encontrar esse ano, mas quando o fez foi excelente. Agora com a Legião do Mal reescrevendo a realidade as coisas ficaram ainda mais intensas e tem a explicação da linha do tempo deles não afetarem as outras séries por ela ainda não ter sido sobreposta de verdade.

Isso já foi mencionado algumas vezes em episódios anteriores, onde uma mudança na história precisa de tempo para ser “fixada”…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A primeira coisa que vemos é que Damien manteve Sara e Amaya para si, como guardas pessoais, e são elas que pegam Felicity, que estava indo contra o novo prefeito de Star City, e ali ele guarda mais uma máscara para sua coleção, já que as meninas a matam e então descobrimos a morte dos heróis, incluindo Flash e o Arqueiro. Já Eobard mantém o espectro da Força da Aceleração preso, assim como faz de Jefferson e Martin seus cientistas para desenvolver uma arma.

Com todos sem memória, somente Mick se lembra do seu passado, mas Nate sente que tem algo errado, que lhe falta algo, enquanto Ray cria sem saber uma arma capaz de dar um “Ctrl+Z” na memória deles, sem saber porque nessa realidade ele é o faxineiro de Eobard. E é neste ponto que tudo começa a voltar ao normal…

Souberam dosar as cenas, as motivações e a forma como voltam os lendários para a realidade cruel que estão é muito bem explorado, e somente Martin fica preso, pois acaba quebrando a arma que estava com Jefferson.

Com as pessoas de volta, Snart é quem bate de frente com Mick, tenta o trazer a si, mas não consegue e tudo começa a ficar ainda mais complicado, pois querem mexer mais na realidade, só que a arma que Eobard pedia para Martin e Jefferson fazer tinha um propósito, destruir a lança. Com o poder da arma não era necessário o sangue de Cristo para isso e assim ele selaria o que ele conseguiu reescrever.

Deixando tudo para ser resolvido no fim da temporada, até mesmo os outros vilões começam a se voltar contra Eobard e suas decisões sem consultá-los. Agora é ver como irão achar uma saída, e principalmente como irão achar Rip. Achei hilário ele estar preso na nave deles, que foi transformada em peso de papel miniatura na mesa de Eobard.

Agora é esperar Legends of Tomorrow se feche muito bem, pois o saldo dessa temporada está bem gostosa de se acompanhar e tem mais acertos que erros. Que venha Aruba!

Fico por aqui, comentem e to be continued