DarkSide lança linha de graphic novels e estreia com Meu Amigo Dahmer

Buscando trazer ainda mais diversidade a sua linha editorial de terror e fantasia, a DarkSide Books inaugura sua linha de histórias em quadrinhos no selo DarkSide Graphic Novel. A linha seguirá o perfil da editora com acabamento de alta qualidade e capa dura.

Meu Amigo Dahmer (26 de junho)

Será possível identificar os traços de personalidade de um assassino antes mesmo que ele comece a matar? Imagine descobrir que um amigo seu de escola acabou se transformando num dos mais temidos serial killers do século? Essa é a história real que o quadrinista Derf Backderf relata na graphic novel Meu Amigo Dahmer.

Meu Amigo Dahmer traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete.

Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.

Fragmentos do Horror (26 de julho)

Fragmentos do Horror é uma coleção de histórias curtas, perfeitas para quem quer experimentar o que essa mente tão delirante é capaz de produzir. Ito-san oferece ao leitor nove encontros com o desconhecido. Cada quadrinho pode ser fatal, cuidado!

Entre as histórias da coletânea, temos uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes. Uma turma de dissecação com um assunto nada comum. Um funeral em que os mortos definitivamente não são postos para descansar. Variando do aterrorizante ao cômico, do erótico para o repugnante, essas histórias apresentam o retorno de Junji Ito há muito aguardado para o mundo do horror.

Fragmentos do Horror faz parte da nova coleção DarkSide Graphic Novel – Tokyo Terror e, como todos os títulos da Caveirinha, vem numa caprichosa edição em capa dura. A tradução foi feita diretamente do japonês e a publicação segue a orientação original, da direita para a esquerda — como tem que ser.

Wytches (26 de julho)

É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade.

Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo… e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso.

Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, Wytches é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as HQs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos.

FICHAS TÉCNICAS

Título: Meu Amigo Dahmer
Autor: Derf Backderf
Tradutor: Érico Assis
Editora: DarkSide | DarkSide Graphic Novel
Gênero:
 Não ficção
Páginas: 288
Formato: 23 x 16 x 2,5 cm
ISBN: 978-85-945-403-55

Título: Fragmentos do Horror
Autor: Junji Ito
Tradutor: Akemi Ono
Editora: DarkSide | DarkSide Graphic Novel – Tokyo Terror
Gênero:
 Mangá, horror
Páginas: 244
Formato: 21 x 14 x 2,1 cm
ISBN: 978-85-945-403-62

Título: Wytches
Autores: Scott Snyder (autor), Jock (ilustrador)
Tradutor: Érico Assis
Editora: DarkSide | DarkSide Graphic Novel
Gênero:
 Horror
Páginas: 192
Formato: 26 x 17 x 2 cm
ISBN: 978-85-945-403-79