Confira os vencedores do 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

A Academia Brasileira de Cinema anunciou ontem (14) os vencedores do 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro no Theatro Municipal de São Paulo.

Confira a lista dos vencedores nas principais:

LONGA-METRAGEM

Melhor Longa-Metragem: Ficção

  • Benzinho, de Gustavo Pizzi [VENCEDOR DO JÚRI]
  • Chacrinha: O Velho Guerreiro, de Andrucha Waddington [VENCEDOR PELO VOTO POPULAR]

Melhor Longa-Metragem: Documentário

  • Ex Pagé, de Luiz Bolognesi [VENCEDOR DO JÚRI]
  • My Name is Now, Elza Soares, de Elizabete Martins Campos [VENCEDOR PELO VOTO POPULAR]

Melhor Longa-Metragem: Animação

  • Peixonauta – O Filme [MENÇÃO HONROSA]

Melhor Longa-Metragem: Infantil

  • Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano, de Viviane Jundi [VENCEDOR]

Melhor Longa-Metragem: Comédia

  • Minha Vida em Marte, de Susana Garcia [VENCEDOR]

Melhor Direção

  • Gustavo Pizzi, por Benzinho [VENCEDOR]

Melhor Atriz

  • Karina Teles, por Benzinho [VENCEDORA]

Melhor Ator

  • Stepan Nercessian, por Chacrinha: O Velho Guerreiro [VENCEDOR]

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Adriana Esteves, por Benzinho [VENCEDORA]

Melhor Ator Coadjuvante

  • Matheus Nachtergaele, por O Nome da Morte [VENCEDOR]

Melhor Direção de Fotografia

  • Gustavo Hadba, ABC, por O Grande Circo Místico [VENCEDOR]

Melhor Roteiro Original

  • Karine Teles e Gustaco Pizzi por Benzinho [VENCEDORES]

Melhor Roteiro Adaptado

  • Carlos Diegues e George Moura inspirado no poema “O Grande Circo Místico”, de Jorge de Lima por O Grande Circo Místico [VENCEDORES]

Melhor Direção de Arte

  • Artur Pinheiro por O Grande Circo Místico [VENCEDOR]

Melhor Figurino

  • Kika Lopes por O Grande Circo Místico [VENCEDORA]

Melhor Maquiagem

  • Catherine Leblanc Caraes e Emmanuelle Fèvre por O Grande Circo Místico [VENCEDORES]

Melhor Efeito Visual

  • Marcelo Siqueira, ABC e Thierry Delobel por O Grande Circo Místico [VENCEDORES]

Melhor Montagem: Ficção

  • Livia Serpa por Benzinho [VENCEDORA]


Melhor Montagem: Documentário

  • Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira por Todos os Paulos do Mundo [VENCEDORES]

Melhor Som

  • Jorge Saldanha, Armando Torres Jr, ABC, Alessandro Laroca, Eduardo Virmond Lima e Renan Deodado, por Chacrinha: O Velho Guerreiro [VENCEDORES]

Melhor Trilha Sonora Original

  • Elza Soares e Alexandre Martins, por My Name is Now, Elza Soares [VENCEDORES]

Melhor Trilha Sonora

  • Zeca Baleiro, por Paraiso Perdido [VENCEDOR]

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

  • Infiltrado na Klan/Blackkklansman (EUA), dirigido por Spike Lee [VENCEDOR DO JÚRI]
  • Nasce Uma Estrela/A Star is Born (EUA), dirigido por Bradley Cooper [VENCEDOR DO JÚRI]

Melhor Longa-Metragem Ibero-Américano

  • Uma Noite de 12 Anos/La Noche de 12 Años (Argentina, Espanha, Uruguai), dirigido por Álvaro Brechner [VENCEDOR DO JÚRI] [VENCEDOR DO JÚRI]

CURTA-METRAGEM

Melhor Curta-Metragem: Animação

  • Lé com Cré, de Cassandra Reis [VENCEDOR]

Melhor Curta-Metragem: Documentário

  • Cor de Pele, de Livia Perini [VENCEDOR]

Melhor Curta-Metragem: Ficção

  • O Órfão, de Carolina Markowicz [VENCEDOR]

SÉRIE BRASILEIRA

Melhor Série: Ficção

  • Escola de Gênios – 1ª Temporada [VENCEDOR]

Melhor Série: Documentário

  • Inhotim – Arte Presente [VENCEDOR]

Melhor Série: Animação

  • Irmão do Jorel [VENCEDOR]

A transmissão ao vivo do evento aconteceu pelo Canal Brasil.

Academia Brasileira de Cinema é presidida por Jorge Peregrino e a diretoria é composta por Paulo Mendonça (diretor vice-presidente), Bárbara Paz (diretora secretária), Alexandre Duvivier (diretor financeiro) e Iafa Britz (diretora social).

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.