Filmes Notícias 

Cinema nacional será tomado por cinebiografias de Gal Costa, com Sophie Charlotte, Ney Matogrosso e Silvio Santos!

2019 mal começou, mas o grande foco para esse ano e para o próximo, 2020, no cinema nacional, será as cinebiografias.

A Paris Entretenimento divulgou que planeja lançar ao menos 3 delas nos próximos meses.

As primeiras serão musicais, embaladas, talvez, pelo grande sucesso da cinebiografia do cantor Freddie Mercury, o polêmico Bohemian Rhapsody , que arrecadou milhões em bilheteria global.

Chegou a vez da cantora Gal Costa e do cantor Ney Matogrosso.

“Buscamos boas histórias para transformá-las em grandes filmes. Essa é a missão da Paris Entretenimento”, diz o CEO da empresa, Márcio Fraccaroli.

A primeira a entrar em produção é a cinebiografia de Gal Costa, com a atriz Sophie Charlotte no elenco.

Com o título de Meu Nome é Gal, a direção fica com Lô Politi e Dandara Ferreira e o roteiro com Maíra Buhler.

As gravações (tanto do filme, quanto da série) ficam para agosto de 2019.

O filme não tem previsão de estreia.

Ferreira já havia comandado uma série documental sobre a cantora, lançada pela HBO em 2016, com 4 capítulos, chamada O Nome Dela É Gal.

Depois entra produção, Homem Com H, que irá contar a história do cantor Ney Matogrosso. O projeto ainda está em fase de pré-produção e não conta com um nome para o elenco, ou equipe de produção. Mas, as gravações irão começar em Dezembro desse ano.

Serão gravados cenas para o filme e a série, ambos sem previsão de estreia.

E para finalizar, o apresentador Silvio Santos, terá sua história contada nos cinemas e na TV.

Nenhum nome está envolvido no projeto, que fica para 2020.

Postagens relacionadas