Carol’s Second Act | 1×04-05 – Marathon Day / The Nightfloat

E parece que Carol é uma grande heroína… Dois episódios seguidos de Carol’s Second Act que a personagem salva a vida de alguém, pelo menos em “The Nightfloat” ela ainda foi humilde em pedir ajuda quando o “sucesso” subiu a sua cabeça.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Gosto de como Dra. Jacob que mostrar sua força e mesmo após fazer uma maratona, acaba querendo trabalhar, e quando surge um problema, não deixa isso lhe afetar. O diálogo dela para Carol, após compreender o que a residente está fazendo, é sensacional, pois ela deixa claro que por ser mulher e negra, as vezes tem de mostrar o dobro de sua competência para ser respeitada, assim como acaba acontecendo com Denis.

E ela confia em Carol que no episódio seguinte a deixa responsável pelo plantão noturno sozinha. Ela no começo se usa de Dr. Frost, mas no fim acaba fazendo tudo tão bem, que consegue o respeito de Denis, mesmo que ele tenha sofrido com o jeito dela, por ela falar demais.

Quando ela acha um caso complicado, acaba cedendo e pedindo ajuda a Jacob, que fica lisonjeada com a residente não fazendo besteira em um caso tão complicado.

As coisas pequenas foram interessantes também, como Caleb e seu nojo por pés em um dia de maratona onde todos estão lá com os pés a mostra, ou a noitada de encontro onde ele e Lexie conhecem algumas garotas com ajuda de Daniel e Jenny.

Quero ver a reação de Carol quando perceber que Jenny e Daniel estão com uma atração mútua.

É muito legal a série tratar sobre como uma pessoa mais velha é tratada ao entrar em um trabalho e como ela precisa correr para provar que é capaz, e Carol’s Second Act abusa disso, mas acaba sendo uma delícia por conta do talento de Patricia.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.