Blindspot | 3×15-16 – Deductions / Artful Dodge

E Blindspot continua entregando tramas interessantes, mas ainda não enxergo um panorama geral indo além de algo que já temos visto. Fato é que finalmente a trama agora se tornará global, já que Crawford contou seus planos, mas não sabemos a quem Roman está se reportando…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Em “Deductions” temos Cade de volta e ele vem para expor que a CIA usa aviões de uma fábrica de Crawford, mostrando ligações da agência com o multimilionário, assim como no FBI tinha Hirst sobe seu comando. Fora isso, o episódio veio para mostrar Bonita, que viu seu marido ser largado pela CIA em um campo e o mesmo ser pego por inimigos, morto e ter seu vídeo do assassinato compartilhado na Internet.

É difícil gostar de Keaton, e a cada episódio ficamos com mais ódio dele, assim como ficamos intrigados com as ações de Zapata, que só vai acumulando problemas e agora nem Patterson confia mais nela. A frase final da geek para ela foi bem intensa, pois deixou claro que o jeito frio dela a faz merecer a posição que está e que não serão mais amigas.

O motivo vem em “Artful Dodge“, onde Borden vem à tona e ainda descobrimos que Zapata sabia que ele estava vivo, que escapou com queimaduras pelo corpo da explosão do celeiro, e ainda o proibiu de citar Patterson. A forma como Patterson fala de Broden, a dor, a raiva, tudo é tão intenso que pegamos esse rancor por Zapata, e quando pedem para ela ir conversar com o rapaz, Patterson é ainda mais fria, deixa ele sofrer e gosta da ideia dele não ter um futuro, que ela teve um dedo nisso. A trama deste episódio só foi legal por conta disso…

No mais tudo girou bem ao redor dos personagens, como vermos Avery sofrer ao descobrir a verdade sobre o pai e agora querer agir de forma a ajudar o FBI a derrubar Crawford, mas sabendo que o pai não era tão inocente.

Já Reade começa a ter problemas com a corregedoria do FBI, pois enquanto Rich Dotcom escapou de perder o contrato por seus amigos o defenderem, Reade também está em foco. Ambos foram contratados por Hirst, e todos sabem que ela estava sob o comando de Crawford… Zapata agora sofre por conta de suas mentiras e ao ficar sozinha com Reade assume que é apaixonada por ele, bem antes dele ir casar com Meg, e que o desencontro para não estarem juntos foi ele ter falado de estar grogue de analgésico após beijá-la.

Roman passou por uma série de problemas no Rio, mas a chegada de Jean-Paul, pai de Junior, lhe deu um novo olhar sobre o sequestro de Blake, e conseguiu reverter a situação para seu favor e ainda ficar mais próximo de Crawford. Ele mesmo orquestrou o sequestro da filha com Junior para se aproximar de Jean-Paul, mas Roman soube colocar medo nele e ao salvá-la, fez o mesmo com o rapaz e conseguiu se sair bem com os dois homens. Só que até onde confiar em Crawford?

Então ele descobre que a intenção do multimilionário é construir um exército mundial e acabar com todos os exércitos, para terminar a guerra, mas lógico que há um problema maior nisso tudo, que são os interesses dele. Só que ele tem um efeito estranho do ZIP no organismo e é hospitalizado, não duvido que Crawford tenha feito algo para saber mais sobre “Tom”, e Roman conseguiu escapar mais uma vez, mas o que será que Crawford, que agora o trata como um filho, quer?

No final, Blindspot desenha as tamas finais de sua temporada e Roman já deu indicações de como derrubar Crawford e ainda colocar Jean-Paul na jogada, só que corre um alto risco… Espero que os próximos episódios continuem tão bom como esses últimos.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.