Blindspot | 2×19-20 – Regard a Mere Mad Rager / In Words, Drown I

Blindspot esse ano veio com uma trama mais lenta e isso me afastou um pouco, mesmo que o desenvolvimento de seus personagens continue sensacional! A trama ficou mais lenta, não mostram os planos de Sandstorm e deixam que a situação se arraste, mas como disse, o desenvolvimento de Patterson, Zapatta, Reade, Kurt e Jane e todos ao redor deles é excelente, pois pensam nos detalhes e executam as coisas nos momentos certeiros.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Começamos por Shepherd… A vilã foi direto para Bangkok e tentou comprar armamento químico para destruir o ocidente, ou melhor, os Estados Unidos, mas acabou sendo enganada e quase perdendo tudo o que investiu para os seus compradores. Quase sendo morta e com o FBI desconfiando do que ela foi fazer do outro lado do globo, ela teve que se virar para se manter viva, escapar da prisão e recuperar o seu carregamento. E ela conseguiu…

Agora, a equipe do FBI ainda precisa lidar com as informações que vão sendo vazada e dão um tempo de Sandstorm, já que um grupo decidiu criar um jogo para entregar a posse de inúmeras informações do governo e de todas as suas agências para uma nova dupla de hackers. Assim Jane e Kurt entram nos jogos da equipe para ganhar o dispositivo com as informações e acabam sozinhos, lutando contra dois agentes de Shepherd. Ali eles ficam sozinhos e precisam se virar, já que Patterson não consegue comunicação com eles, que por sorte conseguem ganhar o dispositivo.

Da parte do drama, Reade agradece a Zapatta por ter assistido ao vídeo com ele e logo ele pede ajuda a Kurt, que o afasta para se tratar, não aceitando sua demissão. Já Zapatta recebe uma ligação de um amigo da polícia informando que reabrirão o caso de Jones e que ela tem que ficar de olho, pois mexeu nas provas para ajudar Reade.

E no fim do episódio temos Zapata sendo presa para logo no seguinte vermos ela entrando na prisão e tendo que enfrenta algumas detentas raivosas. Tudo parece ser motivado pelas razões erradas, já que a princípio acreditamos que ela foi presa por obstruir a polícia na questão da morte de Jones, mas logo vemos que tudo tem a ver com a detenta Devon (a lutadora Ronda Rousey).

Aos poucos vamos descobrindo sua ligação com Parker e o fato deles serem conectados a Shepherd. Como Roman e Jane estão com Weller, e com Border morto, Parker virou o novo braço direito dela na questão Sandstorm, e Devon era a única que poderia fazê-lo falar algo, por isso Kurt armou um jeito de fazer Zapata se aproximar dela.

No fim das contas o episódio serviu para pegar mais alguém de Shepherd na tentativa de parar o Sandstorm, mas o melhor é ver as consequências das atitudes dos personagens. Patterson precisa de mais tempo para assimilar tudo o que lhe aconteceu, enquanto Jane busca proteger Roman e Kurt e acaba se complicando com os dois…

Kurt descobriu que Roman matou Emma, a mãe de Taylor e sua grande amiga, enquanto o irmão de Jane agora sabe que foi ela quem lhe tirou a memória. As consequências dessas mentiras ficarão mais fortes no episódios seguintes.

Espero que Blindspot dê uma forte guinada nos próximos episódios, já que são os últimos dessa temporada inconstante.

A nova mensagem escondida nos títulos, somando a letra do meio de cada um deles para formar uma mensagem para Kurt, e dessa letra, não importa o lado, tem a mesma forma:

  • K | nor i nigel aKa leg in iron
  • U | droll autumn Unmutual lord
  • R | devil neveR even lived
  • T | name noT one man
  • W | borroW or rob
  • E | draw o caesar, Erase a coward
  • L| evil did i DwelL, lewd did i live
  • L | soLos
  • E | senilE lines
  • R | regard a meRe mad rager
  • S | in wordS drown i