Blindspot | 2×11 – Droll Autumn, Unmutual Lord

Blindspot continua a expandir seus dramas, foca mais no desenvolvimento de Jane e Roman e mostra que há muitos segredos por trás das tatuagens, colocando Patterson de volta a jogada. Único problema para mim foi reciclar vilão com uma trama sem sal, que serviu mais para trazer “humanidade” a Keaton.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

O foco do episódio foi o retorno de Anton, que todos juravam estar morto, mas seu retorno, que é devido ao filho estar morrendo por conta de um problema no coração, traz os pesadelos de Jane de volta. Keaton, da CIA, é quem o traz para ter informações sobre um atentado e isso coloca todos do FBI contra o homem que torturou Jane. Todo o desenvolvimento dessa trama é ágil, mas acaba não nos amarrando. O filho de Anton morreu e a filha de Keaton vira alvo dos homens de Anton, resta Jane e Kurt salvarem-na.

Tirando isso de lado, o episódio mostrou bastante do espírito de paternidade de Kurt, que entende que precisa focar mais ao lado de Ali para ser um bom pai, mas acaba descobrindo que ela quer ir embora para o Colorado. Não sei como poderão desenvolver mais disso, mas Kurt já está enrolado com todas as mulheres ao seu redor… Jane tem interesse, mas fica na dela, Nas sabe bem o que quer, e Ali só o quer presente na vida de sua criança.

Agora, Jane quer que Roman tenha o mesmo destino que ela, que sua mente volte de forma natural, mas ele tem o peso de suas atitudes já expostas e não consegue a liberdade. Sua memória brinca com ele, traz momentos intensos de sua vida no orfanato da África do Sul e ele só vê escuridão. A entrada de Sun para abrir sua mente só serviu para mostrar que ele é problemático, cheio de dramas e que sua mente é uma bomba relógio. Ansioso para ver o máximo disso… E é aí que Patterson entra ao ligá-lo a um jogo e decifrar a tatuagem do Leopardo que acaba colocando ele com uma mulher misteriosa.

Enquanto isso Zapata faz o possível para afastar Reade, brincando e demonstrando falta de interesse, mas quando ele desiste, é aí que ela compreende e nos mostra que ela sente sim amor pelo amigo, mas seus problemas a afasta das pessoas.

Blindspot vai desenrolando sua trama, mostrando mais mistérios e como a criação de Jane e Roman foi bem complexa e é aí que queremos ver mais do envolvimento de Shepherd e até onde ela irá levar o Sandstorm.

Fico por aqui, comentem e to be continued