Blindspot | 2×06 – Her Spy’s Harmed

Com muitas informações sobre Mayfair e amor, Blindspot foi sensacional e nos apresentou um crescimento formidável de seus personagens, além de muito drama… E sim, é maravilhoso ver a fragilidade dessas pessoas, mesmo quando precisam ser tão fortes para lidar com as coisas.

IRMÃOS…

A primeira coisa que notamos é como Roman e Remy se esforçam para manter o laço de irmandade fortes, tanto que ela busca fazê-lo se lembrar de que o ama e que nem mesmo Shepherd pode mudar o sentimento deles, muito menos sua memória. Quando ela o vê em apuros acaba deixando tudo de lado para salvá-lo, já que da última vez ele saiu com a cicatriz do rosto. Eles não tem ninguém e ela quer deixar claro que ele tem sim, e que Shepherd é só mais uma pessoa entre eles.

Agora eles tem o chip que faltava para o projeto Sandstorm e as coisas tendem a ficar ainda mais perigosas…

INFILTRADOS

Weller e Naz ficam cada vez mais próximos e a busca e proteção de Douglas, que é diretamente ligado a Mayfair, acaba colocando-os na mesma cama e eles aproveitam da situação. A busca por Douglas também coloca a CIA no pé deles, já que suas informações são mais do que importantes.

No momento a coisa mais importante é saber quem o colocou nesse jogo e no fim vemos que os invasores de sua casa e que colocou as informações que seriam vazada e o ligou a Mayfair foi Shepherd e Roman, mas é a voz de Shepherd que intriga Weller, pois a reconhece, mas não lembra ainda o contexto e de onde…

DRAMAS

E com muito drama a série mostra tudo com uma dosagem incrível! Por exemplo a morte do treinador James e o fato e Reade estar por perto e a sua sorte de ser encontrado por Zapata. A forma como eles começam uma correria para evitar que ele se complique é incrível e Zapata se mostra uma amiga e tanto, mas quer a verdade. Fica a dúvida de quem matou James, se foi Reade mesmo e com a mente tendo alguns apagões, ou se foi Freddy, seu amigo, ou um terceiro aluno abusado pelo treinador. Zapata ainda conseguiu ir até o policial que viu Reade nas redondezas e ficamos imaginando o que tem na fita com o nome de Reade.

Agora, Patterson e Borden estão em uma relação deliciosa de se ver, ela consegue até achar uma escuta na sala dele, mas e quando ele a pressiona e ela não sabe dizer não que as coisas ficam intensas, já que ela o chama de David, o seu falecido namorado… Adoro esses detalhes que fazem toda a trama e dá a personalidade para a série.

Blindspot segue incrível! Simplesmente impossível não ficar ansioso pelo episódio seguinte…

Fico por aqui, comentem e to be continued

Obs.: O título do episódio é um anagrama para “Shepherd’s Army“.