Black Lightning | 3×05 – The Book of Occupation: Chapter Five: Requiem for Tavon

E o atrito entre a população e os agentes da ASA fica cada vez mais intenso em Black Lightning (Raio Negro) e finalmente as coisas começam a ficar mais interessantes na série, que mostra o levante contra o assédio e o excesso de poder.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Acho que o mais bacana foi mostrarem Henderson como um personagem que estava acuado, com o rabo entre as pernas, parecendo se voltar contra os seus, quando pega o Reverendo Holt e Two-Bits e os colocam em um camburão, para no final vermos que ele estava os protegendo e os levando para o quartel onde ajuda Blackbird. Foi uma virada muito boa para ele.

Agora, Blackbird, ou melhor, Anissa, poderia se queimar muito, pois Odell está em seu pé, pois fez ligações de seus poderes, mas quando ele estava indo ao seu apartamento para confrontá-la, bem quando Blackbird estava em ação, ele deu de cara com ela na cozinha. A conversa não rendeu, mas lógico que vemos é Grace se passando por ela, enquanto Gambi se esconde.

Com a ida de Painkiller para dar cabo de Blackbird, ele acaba matando Tavon, e isso joga todos da cidade contra os agentes da ASA, que já estavam abusando de seu poder. Para piorar, Jefferson se coloca entre os estudantes e os agentes e ao se controlar, acaba apanhando deles na frente da escola, o que gera ainda mais revolta na comunidade. Ele indo se vingar dos agentes depois foi sensacional.

Agora, Jennifer fica cada vez mais atrás de informações, tem promessas de Odell, mas ela não parece estar sendo manipulada. Agora, temos Brandon que parece ter o controle de sugar a energia dela de forma a mantê-la controlada. Quero ver mais dos poderes dele.

Black Lightning (Raio Negro) demorou a engrenar nessa temporada, mas fez isso para desenhar bem seus dramas, agora é só esperar as consequências, principalmente para Lynn, que ao tratar Tobias contra a vontade, acaba descobrindo que ele sabe sobre sua família…

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.