Black Lightning | 2×14 – The Book of Secrets: Chapter Four: Original Sin

Black Lightning (Raio Negro) segue meio arrastado, mas desenvolvendo seus personagens, dando propósito e ainda criando novos dilemas. Interessante ver a relação de Lala e Jefferson, mas quebrando o clima tivemos momentos interessantes de Jennifer vendo seu uniforme com Gambi.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Ressucitado por Lazarus, antigo sócio de Lady Eve, Lala passou o episódio inteiro conversando com seus próprios monstros, mas colocou Jefferson contra a parede por conta da morte de seu amigo Earl. Falando sobre segurança e escolhas, Jefferson segura informações, enquanto lala vai ficando cada vez mais nervoso, chegando a lhe dar um tiro.

Lala no momento só quer sua vingança contra Tobias, mas seus monstros, as pessoas que ele matou, continuam lhe aparecendo e dando dor cabeça, e conselhos. O maior problema é que no final Earl se junta a sua carteira de pessoas assassinadas, lembrando que Tobias deixou claro que a pele dele iria se encher dessas pessoas.

Agora, como Earl apareceu lá? Earl foi confrontado pela polícia sobre fazer parte da gangue dos 100 e ele se negou, só que Lala foi responsável pela morte dele indiretamente, só que ele não imaginava isso. Um amigo, um inocente, foi morto.

Enquanto isso Lynn briga com Agente Odell, só que o pior acontece: ele investiga a família Pierson e descobre que Jefferson é Raio Negro, Anissa a Tormenta e Jennifer é Rajada. Ele ainda mata os agentes que sabe esse segredo, guardando o mesmo só para si.

Momentos engraçados com Jennifer e Gambi criando o uniforme, mas é a busca de Anissa por Grace que deixam as coisas complicadas, só que ela não sabe que sua ex é uma metahumana, muito menos sua origem e tudo mais. Ainda aposto em experiências do pessoal de Markovia. Vamos ver…

Black Lightning (Raio Negro) caminha para os 2 últimos episódios da temporada, espero que caminhe melhor do que os últimos, que tem sido mais arrastados.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.