Black Lightning | 2×13 – The Book of Secrets: Chapter Three: Pillar of Fire

Black Lightning (Raio Negro) finalmente mostra Jennifer tomando as rédeas de seus poderes, mas começando a ver também que pode ter problemas em usá-lo ao extremo. Infelizmente muitas tramas vão se perdendo no caminho, e alguns personagens vem se tornando enfadonhos.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

O que vemos aqui é Tobias crescendo e ficando sem limites, já que com ajuda de Dr. Jace e Cutter, ele consegue pegar as câmaras que estavam com Lynn e assim ter sob seu domínio um verdadeiro exército de metahumanos, já que além de tudo eles tem um mecanismo que pode não só pará-los quando quiserem, como também matá-los.

No final do episódio até vemos Tobias pedindo a Cutter que se livra-se de Todd, mostrando como o vilão agora está perigoso, mas ainda falta aguma coisa para nos tornar ainda mais próximo e temente a eles. Uma vez que Tobias foi apresentado em uma forma e depois começou a crescer até aqui, e oje se tornou apenas um vilão “ok”. E olha que vinham fazendo um bom trabalho com ele.

Jennifer irada começa a ir atrás da gangue dos 100, e batendo em um por um, em determinado momento usou demais os próprios poderes e quase se “fritou”, tendo de ser salva por Anyssa. Acho que agora já devemos ter o seu uniforme entando na série.

Para Anyssa vemos ela descobrindo por Gambi que Grace Choi é um nome falso e que o passado dela é muito mais misterioso do que pode imaginar. Já quero ver eles entrando de cabeça nesse universo, e o que o passado de Choi pode trazer para a série.

E por fim temos Jefferson podendo recuperar o seu trabalho na Garfield, mas após uma conversa com Lowry ele identifica que pode fazer muito mais se o apoiar e ainda tendo tempo para ser o Raio Negro. Foi uma saída muito boa que a série arrumou, e não cria uma força contra Lowry, que tem um passado muito tenso.

Vamos ver como Black Lightning (Raio Negro) irá retornar…

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.