Billions | 4×04 – Overton Window

Nem sempre quando saímos vencedores, ganhamos algo, e Chucky aprendeu isso da pior forma possível. É interessante ver como Billions o coloca agora lado a lado de Bobby e reforça uma amizade que trará inúmeras vantagens aos dois, ao mesmo tempo que vem muitos problemas…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Chucky aos poucos foi ganhando a confiança e reforçando seus poderes, e até seu pai foi ficando orgulhoso, mas é ao lado de Bobby que ele ganha os “prêmios” para conseguir sua vitória. Só que ela vem com um preço, a exposição de sua vida sexual.

Wendy havia deixado mais do que claro para ele que se fosse necessário era para ele se afastar de tudo, mas não os expor, so que ele viu ali a chance de uma redenção e ganhar o seu poder de volta. Ela, irritada e destruída, então briga e o coloca no chão, e não consigo ver como ela irá passar por cima disso. Ferida e sendo chacota, será que ela ficará ao lado do marido?

E Bobby viu em uma informação valiosíssima que poderia fazer muito dinheiro antes de uma catástrofe sem tamanho minar todas as empresas de gás. Foi delicioso ver a correria dele e de Wags para vender as ações, ao mesmo tempo que foram ficando apertado com as investidas de Taylor.

Taylor foi mais uma vez uma pedra no calcanhar dele, mas não deverá ser por muito tempo, uma vez que com Chucky ganhando a promotoria, ele congelou os bens de Andolov e Bobby teve o prazer de ir lá e pedir para ele sumir de seu pais e nunca mais mexer com ele.

Se Taylor perde seu maior investidor, ao mesmo tempo ela tem um novo projeto em mãos que deve ser interessante, já que irá trabalhar com seu pai.

Até mesmo a recém chegada na temporada, a milionária Rebecca, tem um papel importante nas atitudes de Bobby, seja na vida amorosa, seja nas jogadas de negócio. Adorei a forma como ela colocou o CEO da empresa contra a parede.

Billions continua evoluindo de forma significativa e é impossível não gostar de ver esse jogo se formando e torcer para as peças serem movimentadas para termos a real noção das consequências.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.