Big Little Lies | 2×01 – What Have They Done?

Bem-vindo de volta à Monterey! Big Little Lies, enfim, retorna para sete novos episódios após um primeiro ano que foi vendido como uma minissérie fechada com começo, meio e fim. Mas, garantimos que BLL tem ainda muito mais histórias para contar, e o episódio de retorno 2×01 – What Have They Done? deixa isso muito claro.

Não se preocupem, o ritmo da série continua igual, viciante, e quase sufocante. Parece apenas, que tiramos longas férias, curtimos o verão, e agora estamos de volta com um novo ano letivo, onde Big Little Lies, mostra que continuará a ser uma série que irá abordar questões importantes sobre relacionamentos tóxicos, trauma, e principalmente sororidade.

Foto:  Jennifer Clasen/HBO

Big Little Lies, em seu novo ano, parece acertar em trabalhar o sentimento amargo de culpa pelo trauma vivido naquela fatídica noite vista no final da primeira temporada, e desenvolver como as personagens principais vão lidar e processar com aquilo tudo que passaram.

David E. Kelley e Liane Moriarty retornam também à frente dos roteiros, onde seguimos as mesmas estruturas narrativas vistas lá na primeira temporada. Não fica claro, quanto tempo se passou, pelo menos nesse primeiro episódio, entre a morte de Perry (Alexander Skarsgård) e o início do ano letivo, que dá o start para a temporada. Assim, vemos um período de alguns meses, talvez três, de acontecimentos não mostrados, onde assim, a série volta a trabalhar com flashbacks da investigação pós acidente, ao mesmo tempo que vemos as senhoras de Monterey de volta à ativa.

E, pelo visto, vemos cada uma delas, parecer lidar com os acontecimentos de uma forma diferente e única. Madeline (Reese Witherspoon, sempre muito boa, mas aqui um tom acima do que visto no primeiro ano, quase estridente e ah lá Elle Woods) novamente marcando o território para ser a mãe-perfeita-do-ano e descontando tudo em bolinhos; Celeste (Nicole Kidman magistralmente o grande destaque) com problemas para dormir por conta da morte do marido e a chegada da sogra; Jane (Shailene Woodley) tentando seguir a vida com seu filho, e Renata (Laura Dern, fantástica) que ainda continua um pouco com a cabeça lá mundo da lua. E, talvez, o lado mais dramático do novo ano, fique com Bonnie (Zoë Kravitz, com oportunidade de ter mais destaque) que precisa lidar com o trauma dos acontecimentos do final da temporada.

O roteiro da série foca no primeiro episódio em contar como as personagens tentam se manter sãs, mesmo que de uma forma sutil, nos entrega as personagens, meio que embarcando num espiral de situações descontroladas, e mostrando o sentimento de negação daquilo que aconteceu. O retorno de Big Little Lies faz uma grande panela de pressão ponto de explodir a cada minuto.

Foto:  Jennifer Clasen/HBO

E, claro, junto à tudo isso, temos a figura de Mary Louise (Meryl Streep que rouba todas as cenas, e faz do episódio o seu grande Emmy Tape) que chega para abalar as estruturas do grupo que fica conhecido como as Cinco de Monterey. Mary Louise parece que será a grande personagem coringa do novo ano, aquela para ficar de olho o tempo todo. Ver Streep em cena, é prazeiroso, é acompanhar a atuação da atriz veterana, que aqui funciona como um grande imã, onde ela faz uma personagem complexa, observadora e parece que está na cidade apenas para assimilar tudo e todos ao seu redor, apenas esperando para dar sua cartada. Streep é uma ótima adição para a nova temporada, onde as cenas que atriz faz com Witherspoon ao longo do episódio, são o ponto alto, complemente interessantes, desconfortáveis e marcadas por uma sofisticação sem tamanho.

Assim, Big Little Lies retorna mais afiada do que nunca, com uma trilha sonora completamente maravilhosa, e parece que irá deixar o espectador na ponta do sofá ao lidar com as consequências do final do primeiro ano de uma forma ainda chocante, instigante, e claro contagiante.

Big Little Lies retorna em 9 de junho na HBO e na HBO Go.

Vimos o episódio à convite da HBO.

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales