Arrow | 8×05 – Prochnost

Este episódio de Arrow de volta na Rússia para mostrar o destino de Anatoly serviu muito mais para trabalhar Laurel, antiga Sereia Negra, do que qualquer coisa. A trama de Oliver se aproximando de Mia foi até que legal, mas a Canário roubou a cena total!!!

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Lyla, ou melhor Precursora, encontrou Laurel no ponto em que ela marcou de ver Monitor, ou Mar Novu, como Arrow e The Flash já estão o chamando, e mostrando a loira que ela sabe mais do que imagina. Laurel tem uma chave em sua mão: trair Oliver ou mostrar que realmente mudou…

Novu quer a arma que Oliver foi encontrar na Rússia e precisou de Anatoly para infiltrar, só que passou boa parte do episódio com William e principalmente Mia, se aproximando dos filhos, que entendem, mas estão putos pelo abandono. Mia é ainda pior, mas aos poucos os dois se conectam.

Com a arma em mãos e precisando só do plutônio, Anatoly ainda tem uns bons diálogos com Laurel e a faz enxergar que ela mudou muito e ela mostra isso no final, quando quebra o acordo com Lyla e o pior, conta para Oliver e Diggle que ela está de contato com Monitor…

Não temos ainda uma resposta sobre o que acontecerá com eles, mas os 3 foram acertados com dardos e caíram aos pés de Lyla.

Antes de tudo isso, ainda vemos Diggle se aproximando de Roy para trazer o Arsenal de volta para o time e mostrar que a sua sede de sangue por conta do Poço de Lázaro pode ser contida com o apoio que todos ali o dará. Gosto do Arsenal e queria mais ação dele com Speedy, mas acho que Thea não deve retornar por conta da Liga dos Heróis…

Arrow vai criando uma narrativa até que gostosa, mas vamos ver até onde todos irão, só que minha ansiedade fica mesmo é para a Crise nas Infinitas Terras que está cada vez mais perto.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.