Arrow | 7×05 – The Demon

Arrow mostrou quem é o demônio que Oliver tanto procurava na prisão e se deparou com o seu passado, enquanto Curtis precisava assumir o controle sobre o próprio destino e compreender melhor o que pode fazer pela ARGUS.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Oliver entrou com tudo no Level Two da prisão Slabeside e teve que se manter o mais calmo possível, já que muitas coisas estranhas aconteciam por ali. Curioso com o destino das pessoas que estavam ali dentro, que entravam em uma sala azul e desaparecia…

A questão era achar o tal Demônio e a surpresa foi o retorno de Talia Al Ghul, que estava no Level Two e se mantendo calma, para não chamar a atenção dos guardas. Ela então conta que sobreviveu por pouco a explosão de Lian Yu, tanto que tem cicatrizes, mas deixa claro que está ali na prisão se escondendo de um inimigo poderoso que está em Gotham, o que pode colocá-la de alguma forma em Batwoman.

Gostei da maneira que ela tenta convencer Oliver a se manter fiel ao seu propósito e a maneira como eles derrotam os guardas e Dr. Jarrett, que vem usando o Level Two para manipular a mente dos prisioneiros, fazendo uma lobotomia e modificando suas mentes, com algumas fatalidades no caminho.

Felicity descobre sobre o Level Two e faz investigações ao lado de Dinah e Laurel, o que gera um trio interessante, por conta das desavenças entre as personagens. Elas descobrem os problemas de Jarrett e com ajuda de Talia, que deixa com Felicity um pendrive, conseguem devolver Oliver ao Level One, pois ele não quer virar um fugitivo ao lado de Talia.

Enquanto isso, John consegue fazer Curtis voltar para as ruas e colocar-se de corpo dentro dos casos da ARGUS. Curtis vinha cheio de receios sobre isso, sobre ser um agente de Campo, voltar a ser o Senhor Incrível, mas ele teme não só por sua vida, e sim por tudo o que já perdeu. Só que ele não consegue ficar muito tempo longe disso.

As tramas começam a se unir, de certa forma. Vemos que no futuro o Glades está com um muro e separado de Star City, prosperando isoladamente e sem aceitar estranhos, e a ARGUS começa a ir atrás de itens que podem indicar este caminho, finalmente mostrando um algo maior para a trama, já que no futuro William, Roy, Zoe e Dinah estão investigando os problemas do local.

Arrow foi interessante essa semana, e espero que mantenha esse ritmo mais comedido nos próximos episódios.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.