Arrow | 6×07 – Thanksgiving

Arrow decidiu por seguir em frente com as tramas e James entrou novamente em foco. A questão é que ele agora está mirando em Oliver e em seus atos de vigilantismo, assim, ele acaba sendo preso pelo FBI. As ações do time segue bem interessante e é legal ver a equipe ainda estando bem ao lado de Diggle.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

A questão é que agora que foi indiciado pelos atos, Oliver finalmente sabe que Diggle teve problemas com o braço e começa a se questionar sobre ele ter deixado seus atos de lado pelo filho. É legal ver os dois discutindo esse lado das mentiras, Oliver chegou a ser bem escroto, mas logo ambos conseguem voltar a se entender.

Um problema é que Curtis fez um produto que estava em teste e injetou em Diggle, que teve uma rejeição, mas logo deverá voltar com tudo. E essa ação de Curtis também desencadeou uma discussão com Felicity, que não acreditou que ele usou um produto deles sem consultá-la, e ele questiona ela ter decidido o nome da empresa sem falar com ele. Especial de Ação de Graças com discussão e depois muito amor.

Oliver será mesmo processado, mas como prefeito deverá ficar na cidade e para piorar, as ações de James fizeram os vigilantes serem novamente mal quistos e assim fazendo a votação pela lei Anti-Vigilantes ser efetiva pela população. A ação do Time Arqueiro batendo nos homens de James disfarçados de policiais, enquanto a Sereia Negra os emboscavam.

Mais uma vez Oliver fez algo contra alguém que criou um problema maior para ele após agir como vigilante. James teve algum problema com seu filho e culpa Oliver e o Arqueiro e quer destruí-lo, enquanto usa Felicity para ter acessos a servidores. Arrow mostra James com uma bomba bizarra e todos correm risco, e agora os vigilantes devem voltar a serem perseguidos, voltando ao clima das primeiras temporadas.

O próximo episódio de Arrow já é na segunda e entra na crise da Terra-X, a 53º Terra das multi-dimensões que Harry e Cisco preferem ignorar completamente. O crossover começa em Supergirl

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.