Arrow | 6×02 – Tribute

Momentos de decisão para Oliver, em Arrow. Com o mundo vendo sua cara como o Arqueiro Verde, com direito a Barry e Iris vendo a reportagem lá em Central City, a série começa a desenhar uma nova fase, o que incluiu até memso uma nova abertura, com direito a exibição das insígnias de todos os membros do time Arrow.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Com o FBI em seu pé e William que teme que o pai morra por conta de seus inimigos, Oliver acaba precisando ficar no meio termo da situação. Com tanta coisa em jogo, e com a promessa feita a Samantha, ele acaba por fazer sua última missão, onde encontra com Anatoli que sequestrou uma delegação, e assim aposentar, ou melhor, repassar o seu manto para Diggle.

Só que nessa jornada vemos que Diggle criou problemas no braço que atira, por conta de um estilhaço de bomba. Gosto de ver Dinah como a cabeça do grupo, buscando bom senso de seus amigos, principalmente por eles precisarem contar uns com os outros nas missões.

Felicity e Curtis começam a trabalhar juntos em um projeto de programação e devem ganhar mais espaço para suas próprias tramas, o que deve trazer de volta a Helix para a vida da Observadora. O primeiro projeto dos dois acaba sendo identificar que a foto de Oliver veio de uma fonte anônima e assim escapar na mídia que a mesma foi modificada, mesmo sendo mentira.

Oliver agora tem Watson em seu pé, e com o manto do Arqueiro Verde com Diggle, ele ganha fôlego para cuidar da cidade, de William e ficar de olho na saúde de Thea, que também tem Slade ao seu lado.

Arrow parece que ficará novamente mais pé no chão, só precisa saber focar, pois o elenco está muito grande e todos acabam demandando tempo em tela, o que acaba podendo vir a prejudicar suas tramas. Gostei da referência a Bruce Wayne, deixando claro que o Batman existe no Arrowverse, mas não sabemos se nessa Terra ele assumiu o manto, ou se ele está com a identidade em alguma outra, como a Terra-CBS da Supergirl, ao lado de Clark Kent.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.