Arrow | 5×11 – Second Chances

Arrow retorna assumindo que seu time é voltado para segundas chances. Oliver teve a sua, Felicity busca ter a dela, e Diggle está sempre se colocando​ na linha de frente em busca de corrigir seus erros, e o mesmo acaba valendo para todos os outros, menos Curtis que entrou para fazer o diferencial, mas já está buscando uma nova chance depois de seus erros.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Só que aqui quem busca uma nova chance é Tina, que saiu de Central City após sofrer com a explosão do acelerador de partículas e isso depois de ver Sonus matar seu parceiro e amante. Nessa ela se tornou meta-humana com o choro do canário e entrou na busca de Oliver, que quer alguém para treinar e substituir Laurel. O rápido crossover com The Flash foi pontual e mostra de forma excelente a conexão dos universos.

Os encontros dos dois sempre é interessante, Tina é forte e decidida e pode ser ótima para bater de frente com Oliver, enquanto Felicity pode voltar a focar em sua área tecnológica. Depois de matar Sonus, Tina não consegue sentir satisfeita e acaba pedindo a Oliver uma segunda chance e ele cede. Que venham os treinamentos.

Ah! Não podemos esquecer que o nome de Tina na verdade é Dinah Drake, nome original da Canário dos quadrinhos, que só depois veio a ter sua sobrinha, Dinah Lance, como portadora do mando de Canário Negro.

Rene e Curtis também ficam ótimos juntos falando sobre segundas chances e como Curtis quer focar também na tecnologia e não mais no combate corpo-a-corpo.

O drama de Diggle também é resolvido, ao menos por enquanto, com Felicity conseguindo informações contra o General Walker. Esperando que haja problemas pelas atitudes da equipe e como Felicity se portará diante de tanta informação e de como ela sendo uma ciberativista pode ser mais importante para o mundo.

E Oliver consegue bater um membro importante de Kovar com ajuda de Thalia, que busca em Oliver o monstro ideal para treinar, principalmente após descobrir que ele passou um tempo com seu pupilo, Yun, na ilha maldita. É excelente quando Thalia explica sobre ele se tornar “something else” para saciar esse “monstro” interior.

Engraçado que mesmo com tanto acontecendo nesta temporada, Arrow ainda não se encontrou…

Fico por aqui, comentem e to be continued