Analisando os filmes para a temporada de premiações com A Favorita, Roma, Um Lugar Silencioso e Pantera Negra!

Com a temporada de festivais já acabando os estúdios começam agora a intensificar as campanhas de seus filmes para as premiações do final do ano e começo do próximo.

Assim, com os longas já apresentados para os críticos de cinema, os estúdios agora focam suas atenções para o lançamento das produções para o público em geral, para continuar o boca-a-boca que terminará na lista de indicados de depois na cerimônia do Oscar lá em 2019.

Ainda faltam alguns filmes para a equipe do ArrobaNerd assistir mas baseado no que já vimos e nas repercussões das produções na imprensa americana vamos dar nossos palpites de filmes que devem aparecer nas principais premiações como Globo de Ouro, BAFTA e no Oscar em si.

apostas para o oscar 2018
Emily Blunt em Um Lugar Silencioso da Paramount Pictures

Os filmes do começo do ano que ainda mantém forças são o suspense Um Lugar SIlencioso com as atuações de Emily Blunt e John Krasinski, o drama Buscando com John Cho, o terror Hereditário com Toni Colette, o filme de ação Pantera Negra (com grande chances nas categorias técnicas) e ainda o drama misturado com comédia, Infiltrado Na Klan.

Os três primeiros estrearam no Festival de Sundance no começo de 2018 mas ainda mantém um hype elevado devido às as boas atuações de seus conhecidos atores, as boas críticas e por terem caído no gosto do público em geral. Vocês podem ler o que achamos deles nas críticas aqui no site.

Pantera Negra, mesmo que tenha perdido um pouco de força devido a estreia de Vingadores: Guerra Infinita, acaba por ser uma grande aposta da Disney Studios que já promove o filme com os votantes das premiações há alguns meses. Mesmo sendo uma produção de quadrinhos e um blockbuster, o longa seria uma boa surpresa mas um longo tiro nas categorias principais.

Infiltrado Na Klan, do diretor Spike Lee, aparece em todas as listas de melhores do ano (nada mais justo, leia aqui) e depois de sua estreia no Festival de Cannes ainda continua com força para as categorias principais tanto de direção quanto até mesmo Melhor Filme.

Olivia Colman em cena de A Favorita da 20th Century FOX

Ainda falando de favoritos, tivemos no Festival de Veneza a estreia de dois concorrentes de peso: Roma de Afonso Cuáron e A Favorita de Yorgos Lanthimos, ambos premiados, super elogiados e que devem, no final, estarem na lista em diversas categorias e quem sabe chegaram como os favoritos para Melhor Filme no Oscar.

Roma ainda tem a possibilidade de competir na categoria de Melhor Filme Estrangeiro e A Favorita tem três atrizes de peso, Olivia Colman (que concorrerá na categoria de Melhor Atriz), Rachel Weiz e Emma Stone (em Atriz Coadjuvante) ainda para garantir indicações. Já os diretores, Cuáron e Lanthimos, estão quase certos também nas categorias de Melhor Direção.

Veneza ainda nos apresentou Nasce Uma Estrela e O Primeiro Homem. O primeiro, tem boas chances com Bradley Cooper (mais na categoria de ator do que direção) e claro, Lady Gaga na categoria de atriz (a confirmar se a Warner Bros irá trabalhar a atriz em qual categoria Melhor Atriz Ou Atriz Coadjuvante).

Já o segundo, trabalha em três frentes (ou pelo menos deveria), Melhor Ator para Ryan Gosling, Melhor Atriz Coadjuvante para Claire Foy e Melhor Diretor para Damian Chazellie. A categoria de Melhor Filme parece estar um pouco disputada para ambos os filmes entrarem.

E aí, durante o calendário de festivais, chegou o Festival de Toronto, o TIFF, considerado por muitos uma prévia de filmes para a lista de Melhor Filmes no Oscar. O grande destaque foi Green Book – O Guia (chega em 2019 no Brasil, inédito aqui) surge como um grande favorito na categoria de Melhor Filme, juntamente com seus atores Viggo Mortensen e Mahershala Ali nas categorias de atuação.

Viggo Mortensen e Mahershala Ali em cena de Green Book – O Guia

Toronto ainda teve a estreia do drama As Viúvas (leia aqui) com destaque para Viola Davis, Elizabeth Debicki e o diretor Steve McQueen e o forte e importante O Ódio Que Você Semeia ambos da 20th Century FOX. Já o drama, Querido Menino com Steve Carell e Timothée Chalamet, talvez consiga garantir indicações nas categorias de atuação.

O festival canadense ainda teve as estreias de dois outros filmes que contam com bastante buzz nessa temporada, o drama Destroyer (O Preço do Amanhã, no Brasil) com Nicole Kidman no papel principal e ainda Se A Rua Beale Falasse do diretor Barry Jenkins que deve garantir uma das vagas de direção e ainda tem grandes chances com a atriz Regina King nas categorias de atriz Coadjuvante.

Kidman ainda tem o outro filme que fez parte da programação do festival, o drama Boy Erased – Uma Verdade Anulada, onde a atriz atua com Lucas Hedges e Russell Crowe. A produção ainda é outro filme que pode garantir boas indicações nas categoria de atuação.

Nicole Kidman e Russel Crowe em cena de Boy Erased – Uma Verdade Anulada

Continuando nas categorias de atuação, ainda temos o filme da Fox Searchlight Pictures, Poderia Me Perdoar? com Melissa McCarthy com chances reais na categoria de Melhor Atriz e Richard E. Grant para Melhor Ator Coadjuvante.

Vox Lux, ainda deve garantir para Natalie Portman mais uma indicação na categoria de Melhor Atriz. Assim, como o filme Bohemian Rhapsody que não fez o circuito de festivais, correu por fora, mas conta com uma boa atuação de Rami Malek.

Na lista de destaques, ainda temos Hugh Jackman com o drama político The Front Runner (O Favorito no Brasil), On The Basis Of Sex (Suprema no país) com Felicity Jones e também a atriz Julia Roberts com o drama O Retorno de Ben, onde os três correm por fora.

E para finalizar temos, um dos favoritos esse ano, é o ator Willem Dafoe que interpreta o pintor Vincent Van Gogh em No Portal da Eternidade que ganhou o prêmio de atuação em Veneza.

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales