American Horror Story: Apocalypse | 8×05 – Boy Wonder

O que eu não havia me empolgado com Coven essa temporada Apocalypse me fez rever os conceitos de American Horror Story. Cordelia e suas bruxas mostraram forças e se utilizaram de todos os conceitos mostrados em sua temporada para nos fazer temer cada vez mais Michael Langdon e sua origem e aliados.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Cordelia sentindo a força de Langdon e desmaiando para ter uma visão do futuro apocalíptico que os aguardam foi bacana, ainda mais mostrando os zumbis sendo controlados por ele, enquanto ela perde seus poderes. Ao acordar já deixa claro que precisam fazer nele o teste das Sete Maravilhas e terem certeza de que ele é mesmo um Alpha. Podendo ser mais poderoso que ela mesma.

A questão é que os bruxos estão cegos com o poder de Langdon e dispostos a ter um Supremo do sexo masculino, já que somente mulheres eram capazes de tal feito. Então Moore consegue ver em Langdon a tal cara pálida que Cordelia havia enxergado e ao tentar ir tomar uma atitude, acaba sendo passado para trás por AAA, que conta a Mead o que Moore faria, e ela o mata queimado em um posto de gasolina.

Mesmo com Myrtle sendo contra, Cordelia faz o teste em Langdon, que passa em todas as 6 primeiras tarefas com grande feitio, mas a última, onde ele deveria descer ao inferno e voltar, ela acaba pedindo que além disso, já que trouxe Queenie e Maddison de volta, que mostrasse ser capaz de trazer Misty também.

Adorei a forma como Misty estava presa em looping em seu maior pesadelo, onde ela trazia um sapo a vida, e seu professor a obrigava a matá-lo pela eternidade. Ao ver Langdon em seu inferno, ele não esperava que ela fosse ver que ele fez um pacto com o mal para que ela voltasse a vida. Com as 7 maravilhas feitas, agora é esperar para compreender como Cordelia irá agir.

Enquanto ela traz a bruxa branca Stevie Nicks para consolar o coração atormentado de Misty, Cordelia convence Maddison a ir até a casa onde o mal começou para descobrir sobre Langdon, e Chablis se oferece para ir junto, pois compreende o mal que Moore o havia alertado antes de morrer. Assim o próximo episódio já temos uma visita a Murder House.

Esse enorme foco em Langdon e sua origem e como ele pode ter influenciado a 3ª guerra mundial é essencial para compreendermos o desfecho que deve vir mais adiante, da mesma forma que já quero entender como Mead virou robô, e como Cordelia, Maddison e Myrtle chegaram a escola no futuro para pegar Adina, Coco e Mallorie.

Este episódio de American Horror Story: Apocalipse foi bem instigante, mostrou o poder de cada uma das bruxas e ainda trouxe o horror necessário para temer o caminho da série. Não gostei muito da conexão de Mallorie com Coco…

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.