American Horror Story: 1984 | 9×05-06 – Red Dawn / Episode 100

E American Horror Story: 1984 entregou para mim o que foram os dois episódios mais sem sal da série. não consegui aproveitar nada deles, e olha que passei por Hotel e Apocalypse1984 tem sido arrastada, histórias que não empolgam e agora Satan está de volta para atormentar os jovens.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Em “Red Dawn” tivemos exibidas as motivações de Donna, que descobriu que seu pai era um serial killer, e ela resolveu estudar a psique dessas pessoas, e acabou soltando Mr. Jingles. Tanto que Ramirez, dominado por Satan, fala para ela que ela também é como o pai…

E no “Episode 100” temos Ramirez vivendo um tempo com Mr. Jingles , indo de assassinatos a assassinatos, até que o ex-combatente desiste dessa vida. Vemos então Ramirez sendo levado para o asilo, e ficar preso com Brooke… É, as coisas só ficaram mais tensas, mas não empolgaram.

Fora isso, a série andou, andou, andou, e só mostrou o mal das pessoas que foram parar no Redcamp. Tirando Ray, que era um covarde, Chet que morreu de forma idiota, e Brooke, o resto todo mostrou uma índole muito bizarra.

Margaret matou Trevor, tentou matar Mr. Jingles e matou Chet afogado. Montana matou Xavier e foi morta por Brooke, que acabou sendo presa por isso.

Então, no episódio 100 eles se mostram vivos, vivendo de assombrar e matar as pessoas. Os que morreram na madrugada, pelas mãos de Margaret, estão vivos no acampamento, mas preferem não se meter, enquanto Montana e Xavier vivem de matar cada vez mais pessoas, enquanto Ray tenta se esforça para eles pararem. Já Chet, quer matar Margaret a todo custo, pois lembra de cada detalhe de sua morte.

American Horror Story: 1984 termina com Brooke sendo executada e Donna a trazendo de volta a vida, mesmo que ela tenha se recusado as tentações de Ramirez, que usa um encantamento para fugir de sua prisão.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.