Agents of S.H.I.E.L.D. | 4×14 – The Man Behind the SHIELD

Agents of S.H.I.E.L.D. começa a alarmar seus personagens e já prepara uma guerra entre os agentes humanos e algumas de suas versões LMDs. Mesmo já cansando um pouco dessa trama e como estão conduzindo os excessos de LMDs, ao menos temos Aida e seu jeito diferente de agir perante as atitudes humanas.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

O mais interessante deste episódio foi voltar anos no passado para mostrar como sempre foi a relação de Coulson e May. Os flashbacks deles em uma missão na Rússia mostrou muito bem de onde ele tira a ideia de “ninguém fica para trás”. O encontro de Coulson e Anton foi genial, pois o russo, líder dos Watchdogs foi com sede atrás dele para vingar a morte de seus amigos, mas conseguiu apenas o desprezo e ser morto por Daisy

A questão é que Anton bate de frente com Aida em inúmeros momentos, deixando-a rancorosa com ele. Primeiro foi com ele desfazendo dela para acordar Radcliffe, para depois ele a chamar de poeira. A androide já está compreendendo a amplitude de suas ações e tomando decisões próprias. Aguardando para ver até onde ela irá e como Radcliffe irá se queimar com ela…

Mace querendo ser muito mais do que o seu soro pode lhe conceder foi intenso, pois o diretor acabou revelando a Anton que não é bem um Inumano e isso pode ser usado contra a agência, apesar de Anton ter sido morto por Daisy.

Agora, Mack deu um sermão dos bons em Fitz e deixou claro que ele precisa pensar mais na hora de fazer as coisas, não sair criando achando que só pode sair criando achando que todos farão o bem. Ele mostrando a Coulson e Daisy como funciona o Framework foi bem interessante.

Por fim temos Fitz e Simmons frente-a-frente com um problema… Mack, Daisy, Coulson e Mace voltaram da Rússia, mas ao adentrarem a base um alarme de que há LMD na S.H.I.E.L.D. foi soado. Até aí tudo bem, uma batalha a frente, só que logo Simmons começa a pensar e acha falhas na linha do tempo de todo o ocorrido, e é aí que os dois descobrem: os 4 são LMDs…

Gosto bastante de Agents of S.H.I.E.L.D. e suas tramas, mas começar a trocar corpos e pessoas começa a me cansar, apesar de ser um desenvolvimento bacana para a história dos LMDs dentro do Universo Cinematográfico Marvel, já que os modelos são bastante usados nos quadrinhos. A questão é saberem dosar o seu uso.

Fico por aqui, comentem e to be continued