Trama de Versace em American Crime Story será contada de forma invertida

Novidades em The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story! Durante o evento da FX para o TCA 2017, o diretor e produtor executivo Ryan Murphy revelou aos jornalistas presentes uma informação bem interessante sobre a segunda temporada da série antológica.

Murphy afirmou que a trama da temporada será contada de trás para frente, ou seja, nos primeiros episódios vão mostrar o assassinato do estilista em junho de 1997 para depois contar os detalhes que levaram o serial killer Cunanan a fazer várias vitimas. Ele também afirmou que a série vai abordar a homofobia está enraizada na sociedade americana e como isso ajudou a morte de Versace. O diretor comenta “Nós queremos falar também sobre o crime como uma idéia social. Versace, que foi a última vitima de Cunanan, não precisava morrer. Uma das razões que ele conseguiu cruzar o país e escolher suas vítimas, muitos que eram gays, foi por causa da homofobia daquela época.”

Então para o próximo ano American Crime Story vamos acompanhar a história Gianni Versace (Edgar Rarmirez), estilista que morreu assassinado em 997 na escadaria da sua mansão em Miami pelas mãos de Andrew Cunanan (Darren Criss). O serial killer se matou uma semana depois. Donatela (Penélope Cruz) assumiu a empresa da família depois da morte do irmão.

Essa temporada será baseada no livro Vulgar Favors, escrito pela jornalista da revista Vanity Fair, Maureen Orth. Tom Rob Smith (Crimes Ocultos, 2015) irá escrever o roteiro dos dois primeiros episódios da temporada.

Junto com Rarmirez, Max Greenfield, Criss e Cruz integra o elenco o cantor Rick Martin como o parceiro de Versace.

A produção terá 10 episódios tem estréia programada para o início 2018 no Canal FX.