A Sombra do Pai, novo filme de Gabriela Amaral Almeida, ganha pôster

A Sombra do Pai, novo longa-metragem da diretora Gabriela Amaral Almeida (O Animal Cordial), tem seu cartaz oficial divulgado. O filme estreia no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, um dos festivais de cinema mais antigos do Brasil, que acontecerá entre os dias 14 e 23 de setembro.

Feito pela designer portuguesa Ana Teresa Ascenção, o cartaz tem como centro o olhar enigmático da protagonista Dalva (interpretada pela atriz-mirim Nina Medeiros) . “Acreditamos, Ana Teresa e eu, ser o potente olhar de Dalva a chave para a compreensão sensível do universo ora fantasioso, ora apavorante da história“, afirma a diretora.

Protagonizado por Julio Machado (Joaquim) e Nina Medeiros (As Boas Maneiras), A Sombra do Pai conta a história de Dalva, uma menina de nove anos às voltas com o silêncio do pai, o pedreiro Jorge (Machado), que fica mais e mais triste após perder o melhor amigo em um acidente. A irmã de Jorge, Cristina (Luciana Paes, de O Animal Cordial), administrava a vida de pai e filha desde a morte da mãe da menina, há três anos. Quando Cristina deixa a casa do irmão para se casar, Jorge e Dalva precisam enfrentar a distância que os separa.

Fã de filmes de terror, Dalva acredita ter poderes sobrenaturais e ser capaz de trazer a mãe de volta à vida. À medida que Jorge se torna mais e mais ausente – e eventualmente perigoso –, a Dalva resta a esperança de que sim, sua mãe há de voltar.

O filme aborda as consequências da inversão de papéis entre um pai e uma filha, que enfrentam uma situação de exceção, através de uma narração realista, com toques de horror e fantasia, marcas registradas da diretora. Gabriela volta a apresentar um filme em Brasília, após ter sido premiada em duas ocasiões, como melhor roteirista pelos curtas A Mão que Afaga (2011) e Estátua! (2014).

O Festival de Brasília é precisamente o lugar onde eu quero estar com A Sombra do Pai: às vésperas de uma eleição que vai definir os rumos do país, falando e sendo ouvida do lugar sensível e potente que é o cinema. É uma honra“, comemora a diretora.

O roteiro de A Sombra do Pai foi premiado em diversas seleções nacionais e internacionais, entre elas a do Sundance Institute (2014, EUA), onde Gabriela Amaral Almeida foi a única brasileira a participar dos laboratórios de Roteiro, Direção, Música e Desenho de Som. O projeto contou com assessoria de Quentin Tarantino (Pulp Fiction), Marjane Satrapi (Persépolis), Ed Harris, Robert Redford (Butch Cassidy and the Sundance Kid), dentre outros. O filme também participou do Guadalajara Film Market (2014, México); Fundación Carolina – Curso de Desenvolvimento de projetos (2013, Espanha), entre outros.

A Sombra do Pai ainda não tem uma data de estreia comercial. A co-produção é da Acere com a RT Features.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.