A Mula, novo filme de Clint Eastwood, ganha pôster e trailer

A Warner Bros. Pictures divulga o primeiro pôster e trailer de A Mula, novo filme dirigido e estrelado por Clint Eastwood. A Mula marca a primeira vez que Eastwood, vencedor do Oscar, assume papéis dos dois lados da câmera desde que estrelou o aclamado Gran Torino, de 2009.

Confira:

O longa ainda traz Bradley Cooper, Laurence Fishburne, Michael Peña, Dianne Wiest, Alison Eastwood, Taissa Farmiga e Ignacio Serricchio em um drama sobre um homem de 80 anos que se torna uma “mula” responsável pelo transporte de drogas para um cartel mexicano.

Cooper, que estrela como Bates, recebeu sua indicação mais recente ao Oscar por seu trabalho com Eastwood em Sniper Americano, que ele estrelou e produziu. Ele pode ser visto em Nasce uma Estrela, que marca sua estreia como diretor. O indicado ao Oscar Fishburne (Tina, série de TV Black-ish) vive o agente do órgão de combate às drogas responsável pelo caso; Peña (Homem-Formiga e a Vespa, série da Netflix Narcos: México) vive outro agente do órgão; a vencedora do Oscar Wiest (Tiros na Broadway, Hannah e Suas Irmãs) vive a ex-esposa de Earl; o indicado ao Oscar Garcia (O Poderoso Chefão 3) interpreta um chefe do cartel; Alison Eastwood (Trilhos do Destino) vive a filha de Earl; Farmiga (A Freira e a série de TV American Horror Story) interpreta o papel da neta de Earl; Serricchio (série da Netflix Perdidos no Espaço, Padrinhos Ltda.) vive o receptador de Earl; Dean (Cowboys do Espaço) interpreta outro receptador; e Cordero (Kong: A Ilha da Caveira) é um dos membros do cartel.

Clint Eastwood (Sully – O Herói do Rio Hudson, Sniper Americano) dirigiu o filme a partir de um roteiro assinado por Nick Schenk (Gran Torino), inspirado no artigo da New York Times MagazineThe Sinaloa Cartel’s 90-Year-Old Drug Mule“, de Sam Dolnick.

A Mula chegará aos cinemas em 14 de fevereiro de 2019.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.