Reviews Séries & TV 

A Million Little Things | 2×08-09 – Goodnight / Time Stands Still

E temos uma pausa em A Million Little Things, que retornará para concluir algumas tramas bem interessantes deixadas para traz. O melhor da série até aqui é a forma como fala sobre depressão e cuidados, mas infelizmente tratou a morte de uma personagem de forma tão rápida e meio sem sal.

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio/série. Continue a ler por sua conta e risco.

O episódio “Goodnight” tinha tudo para ser intenso, mas com a personagem Renee (L. Scott Caldwell) saindo de casa e do nada Regina dar a notícia de que ela faleceu, foi completamente bizarro. Levei um susto com a forma como conduziram que até pensei que a atriz tivesse falecido durante as gravações…

A despedida de Rome foi bonita, teve uns momentos necessários dele com o pai, Walter, mas ainda falta uma conversa sincera entre ele e o irmão Omar.

A condução do episódio levou algumas mentiras serem expostas a Delilah, como o fato de PJ ser filho de Jon, mas logo foi desmentido por Barbara que contou que o blusão que ele usou para fazer o DNA era do melhor amigo de Jon e seu amor…

Time Stands Still” novamente dá espaço a Rome para uma conversa muito bacana com PJ sobre decisões e ele decide se abrir mais e tentar entender a mãe e o pai Mitch, que explica toda a situação de seu nascimento e de como ele e sua mãe se conectaram e decidiram criá-lo como filho. E eles confessam que erraram em não ter contado a verdade em um momento.

A série ainda voltou a falar do desemprego de Gary que explica que aconteceu por ele ter focado nos amigos, e ainda briga com eles por estarem tão desunidos. É essa bronca e diversos momentos com PJ que acaba fazendo com que Delilha conta aos filhos sobre ela e Eddie e sobre Charlie. Sophie sentiu traída e destruiu o estúdio do amigo.

Maggie que tinha algum mistério, agora está sozinha, abandonada por Gary que não entende o seu desejo de se conhecer, e agora Eric tem algum segredo para lhe contar, deixando um mistério no ar que acaba sendo desnecessário nesse momento, pois ela já tinha o que lidar com essa separação.

Kath e Eddie sempre estão com bons momentos depois de tudo o que aconteceu entre eles. A forma como estão lidando com o relacionamento deles está bem bacana.

E por fim temos Regina finalmente entendendo que pode sim ter um filho com Rome, que seu maior medo era que a pessoa que ela pudesse ter um filho não fosse um bom pai por conta de tudo o que ela já sofreu, mas que ficou emocionada em como ele tem evoluído e ficado tão responsável.

A Million Little Things pode cometer poucos pequenos deslizes, mas no modo geral tem feito tramas bem interessante e a química do elenco é sensacional!

Postagens relacionadas