A Million Little Things | 1×03 – Save the Date

Gary nunca gostou de aniversário e mágicos e ele explica para Dellilah o motivo, mas A Million Little Things traz surpresas em seu dia especial ao colocar um evento de Jon para que eles comemorassem a festa do amigo com o time de hockey que eles mais amam.

A questão é que verdades vem à tona…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Gostei de logo de cara colocarem Katherine para descobrir a traição de Eddie e como isso acaba mexendo com todos os amigos. Para mim foi mais intenso ver a esposa descobrindo a traição, ficando completamente sem chão e sem ter para quem ligar e conversar. Ela surta com Eddie, mas é com Dellilah que ela fica mais exposta. Ela explicando que não tem forças para gritar com ela e só queria conversar com Jon foi sensacional.

Katherine deixa claro que sempre foi de próxima de Jon, o que não tínhamos visto ainda e que ele compreendia muito bem a decisão dela em se jogar no trabalho para dar uma vida mais tranquila para a família. Assim começamos a ver a força dessa mulher e como Grace Park está incrível.

Delliah que tinha ido com Regina e Maggie para o escritório de Jon para empacotar as coisas e tentar entender o que aconteceu, acaba sendo pega de surpresa por todos. A reação de Regina foi forte, mas não sabemos ainda o motivo, e foi tão intensa quanto a reação de Gary. Ainda não me desse que Allyson está aprontando algo, e já vemos que tem envolvimento com o empreendimento de Dellilah e Regina, pois envolve o fato do metrô estar chegando próximo ao local onde será o restaurante delas.

O dia que era para ser perfeito para Rome, Eddie e Gary, a comemoração do aniversário, a lembrança de Jon, acabou virando um pesadelo, teve momentos de gritaria entre os amigos, que se sentiram traídos, e teve a união para eles vencerem o time adversário e dar uma lembrança para o falecido. Na comemoração da vitória Eddie deixa bem claro que nada será como antes.

Rome se aproxima de Maggie para ter terapia e conversar sobre seus sentimentos por confiar nela, mas ela o afasta, pois é amiga e não pode misturar as coisas. E falando em afastar, ela e Gary estão em uma relação que fica no superficial e ele quer mais, enquanto ela esconde coisas. Assim, Maggie acaba se vendo sozinha quando Gary mostra que cansou disso.

A Million Little Things tem bons momentos, mostra de forma muito bacana o drama desses amigos que viraram uma só família, e as rupturas que veio após a morte de Jon são bem intensas e mostra a fragilidade de cada um. Vamos ver até onde a série irá, mas me incomoda que a audiência só vem caindo, deixando para a ABC um grande dilema.

Dan Artimos

Sou formado em Sistemas de Informações, e amante de televisão. Trabalho, leio bastante, estudo, vou a cinemas, parques e corro (ultrapassada a meta pessoal dos 21km), e ainda assim vejo séries e escrevo sobre elas. Sim, nem eu sei como consigo fazer a organização de minha agenda no meio de tantas nerdices.