Supergirl | 2×14 – Homecoming

Supergirl finalmente voltou a falar sobre Jeremiah e colocou ele de frente com Eliza, sua esposa, mas a questão é confiança e até onde devemos ficar cegos para o amor incondicional, mesmo sabendo que o inimigo é traiçoeiro. É nesse jogo que vemos Kara se perder entre o pai e Mon-El, e se colocar até contra Alex em um momento…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Jeremiah foi encontrado muito facilmente pelo DEO e gosto da forma como Kara e J’onn trabalham juntos. A questão é que isso levantou suspeitas em Mon-El que chega a brigar pela facilidade que ele foi liberado, e infelizmente ele teve razão e levou consigo Kara e Winn, que depois de muito discutirem acreditam, já que o pai Danver rouba informações da agência para a CADMUS.

O maior problema é ver Alex brigando com Kara, deu para sentir a mágoa por elas baterem de frente com o pai recém aparecido, ainda mais com a família reunida e Eliza feliz, querendo se reaproximar do marido. A aceitação dele para com ela. “Nenhum um homem estaria a altura de Alex Danvers!“.

Com um braço biônico e um implante para evitar a leitura de sua mente por J’onn, ele se rebelou e foi facilmente para a CADMUS, sem conseguir se explicar melhor para as filhas, mostrando que em um propósito lá dentro, mas que elas não acreditam mais nele. A informação que ele roubou do DEO foi o paradeiro de todos os aliens registrados nos Estados Unidos… A CADMUS irá destruí-los? Qual a proposta que ele fez com Lilian?

A parte dramática ficou para a relação de Kara e Mon-El, uma vez que ele quer se impor perante ela, mas não enxerga que ela precisa de um companheiro que a respeite, e não um parceiro intransigente e que quer se sobrepor a ela. Ele compreende isso a tempo, mas Jeremiah nos deixa com uma pulga atrás da orelha quando comenta que ele irá decepcioná-la quando mostrar quem realmente é… Estaria Mon-El preso e este mais um Marciano Branco?

Winn e sua relação com Lyra deve render alguma confusão, ainda mais que ele muda completamente próximo a ela. Acredito que ela esteja mexendo em sua mente… Enquanto isso, Maggie e Alex ficam cada vez mais próximas e unidas.

Supergirl sabe explorar cada detalhe de sua trama e nos envolver nelas, nos fazendo torcer e nos espantar com seus personagens. Foi bom darem mais esse pano de fundo a Jeremiah, e olha, Jimmy não tem feito muita falta com seu Guardião, mas sim como o amigo mais “velho” de Kara, que sempre fez o elo dela com o lado heroico do primo.

Fico por aqui, comentem e to be continued