4 motivos para assistir Strike, série sobre romance policial de J. K. Rowling

Desbravar outros livros de seu autor favorito é ter a chance de entrar em um novo universo cheio de personagens, cenários, bairros, estabelecimentos e, principalmente, tramas. Quem não gosta de ter a curiosidade aguçada, não é mesmo?

Seguindo essa linha de raciocínio, venho contar a vocês sobre a mais nova série da queridinha e rainha plena, J. K. Rowling, criadora da saga Harry Potter. Intitulada Strike, o drama do canal BBC One é inspirado nos seus romances policiais, lançada em agosto de 2017. Os três primeiros livros já foram adaptados e o quarto vem aí, provavelmente este ano, mas esse assunto a gente deixa para o item 4.

A nova saga é redigida pelo pseudônimo Robert Galbraith, nome escolhido pela autora, pois a sua “máscara” caiu, então, o seu principal desejo agora, depois da fama consagrada, é poder voltar a escrever, por meio de uma outra pessoa, para que haja a concretização de um novo trabalho. Informação interessante, né? Quer saber mais? Descobrir os segredos dos bastidores da sua escrita? No site oficial da Editora Rocco você pode conferir um entrevista exclusiva abordando maiores detalhes com o Especial – Cormoran Strike. Passa os olhos por lá depois de ler o meu post, caso queira!

Sem mais delongas, vamos aos trabalhos!

Foto: BBC One.

1. Seriado baseado no registro de uma das maiores autoras do século XXI

A ambientação criada por Rowling na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts fez e faz o maior sucesso e todo mundo sabe disso, certo? Agora, a escritora aborda uma temática real, com crimes instigantes, acometidos às pessoas da alta sociedade de Londres, envolvendo dinheiro, vingança e, claro, muito poder. Quem já leu algum livro dela, incluindo o destinado ao público adulto, Morte Súbita, sabe que a linguagem é deliciosa e de fácil entendimento. Não tem como não querer saber as cenas dos próximos capítulos.

Ademais, ao relatar as características dos lugares e personagens, J. K. nos faz viajar pela temática da investigação, em meio a muitas entrevistas, visitas em domicílios e muitos cafés. Essa última características á bastante apresentada, afinal, em muitos momentos está fazendo frio na Inglaterra (as nevascas), ou seja, as pessoas precisam se aquecer de alguma forma, além da vestimenta, que são os famosos trench coat (popularmente chamados de “sobretudo”).

2. Personagens cativantes e, singularmente, a presença de um elenco belíssimo

Até agora eu não contei a história e vocês devem estar morrendo de vontade em saber, correto? Não é somente a premiada escritora britânica que sabe aguçar o interesse de seus leitores. Vale, pelo menos, a tentativa de nós Colaboradores-Escritores de sites. Bem, conheça o detetive e a sua assistente:

Cormoran Strike (interpretado pelo ator Tom Burke, de The Musketeers) é um detetive particular, ex-veterano de guerra do Afeganistão, que, em um combate, acabou perdendo metade de uma perna. Vivendo dentro de seu escritório, ele soluciona crimes, desde adultérios entre casais até mesmo assassinatos brutais. Ele, também, quase casou-se com a personagem Charlotte Campbell (interpretada pela atriz Natasha O’Keeffe, de Misfits), fruto de um relacionamento de 16 anos. O que mais chama atenção é o seu passado obscuro, pois ele é bastante fechado e de pouca prosa;

– Robin Venetia Ellacott (interpretada pela atriz Holliday Grainger, do filme Cinderela) é uma secretária que aparece na vida de Strike de repente, em um emprego temporário de apenas uma semana. Porém, a vontade em ajudá-lo e aprender a solucionar um caso faz com que a noiva de Matthew Cunliffe (interpretado pelo ator Kerr Logan de Game of Thrones) fique por mais tempo. Ela é charmosa e bastante competente e delicada no que faz. Sua percepção e agilidade são pontos fortes que a ajudam no trabalho;

– Os dois têm a química ideal e dão uma leveza nesse cenário de crueldade e tudo o mais. A dinamicidade entre ambos é divertida e o sotaque britânico em seus diálogos é puro charme. Aposto que vai ter muitas pessoas querendo shippar os dois, né? Será? Só assistindo pra saber! Não vou contar! #Stribin <3

Além desses principais, ao longo dos episódios, de uma hora de duração cada, mais ou menos, vamos conhecendo os envolvidos na vida de uma modelo (primeira parte: O Chamado do Cuco), de um escritor (segunda parte: O Bicho-da-Seda) e, sem esquecer, da história envolvendo os dois, que acabam ganhando uma trama principal na terceira parte: Vocação para o Mal.

Foto: BBC One.

3. Universo investigativo com mortes e segredos em de famílias

Poder entender mais sobre a profissão de um detetive sempre atraiu a atenção do público. Isso pode ser confirmado, por meio dos livros da aclamada Agatha Christie ou pelos episódios da série Sherlock. E olhe que eu citei apenas dois exemplos da ponta desse grande iceberg, que é o mundo dos romances policiais.

Assassinatos sinistros, para não falar, bizarros são mostrados com a frieza dos réus e toda a trama por traz desses crimes, previamente, estudados e planejados pelos criminosos sem coração. Os ambientes luxuosos são outro ponto de destaque, afinal, morar em um apartamento cheio de pompas, com muitas festas e fofocas é o sonho de consumo de muita gente, inclusive da minha pessoa.

Para finalizar esse item, devo destacar que o roteiro é fiel às características originais, dando bastante consistência aos episódios. Também, né, a produção executiva fica a cargo de Rowling, que nunca iria deixar para trás detalhes importantes do que ela escreveu, anteriormente, como as famosas distrações falsas de possíveis suspeitos.

4. Novo livro já terminado, com a possibilidade de serem muitos na coleção

Intitulado Lethal White (Branco Letal em tradução livre), o livro mostrará mais uma investigação na vida do detetive e de sua parceira de trabalho. Maiores informações sobre o enredo ainda não foram divulgadas, porém, os fãs já enviaram diversas mensagens para J. K. Rowling, que respondeu o seguinte: “o desenvolvimento é semelhante ao de Harry Potter e o Cálice de Fogo e será o mais longo de todos.”

Recentemente, para ser mais específico, no dia 23 de março desse ano, por intermédio da sua Conta Oficial no Twitter, ela revelou que terminou de escrever o quarto livro. Confira baixo:

“Finalizado. #LethalWhite [#BrancoLetal].”

A imagem é de um cavalo branco “morto”, mostrando em o seu interior um pen drive, ou seja, provavelmente, o livro está salvo lá dentro. Será que a história envolverá animais? Haverá o falecimento de um cavalo branco? Será o cavalo branco de Napoleão Bonaparte? Brincadeiras à parte, essas são apenas teorias do que está por vir, pois, infelizmente, a gente ainda precisa aguardar a data de lançamento, tanto lá na Inglaterra quanto aqui no Brasil.

Cogitou-se bastante de serem sete livros no total, mas na entrevista publicada pela Editora Rocco (link no final do terceiro parágrafo), Rowling disse que haverá mais que isso. Segue a bela fala da escritora: A beleza de escrever esse tipo de romance é que cada um deles tem a sua própria e distinta história, então a série é bem aberta. Ela vai durar enquanto eu tiver histórias para contar.

Convencido em assistir esse drama? Ou melhor, já assistiu? Conte a sua experiência nos comentários logo abaixo e até a próxima!

PS.: Caso você leitor queira ler os livros primeiro, segue a lista com os nomes:

  1. O Chamado do Cuco (2013);
  2. O Bicho-da-Seda (2014);
  3. Vocação para o Mal (2015).


Dados Técnicos

Strike
Criação: Ben Richards (The Tunnel) e Sarah Phelps (Morte Súbita)
Estreia: 2017
Temporadas: 2
Episódios: 7 (total)
Emissora: BBC One
Renovação: Ainda não divulgada, mas com o novo livro vindo aí, tudo indica que sim.

Arthur Barbosa

22 anos, Técnico em Química de Beagá, Minas Gerais. Não consegue ficar longe da escrita de séries, por isso está nos bastidores do Arroba Nerd. É Vestibulando de Medicina e pretende adentrar nas portas da UFMG. Acredita que em um dia próximo a Netflix irá dominar o mundo.