4 coisas que aprendemos sobre o Mundo Invertido na 2ª temporada de Stranger Things!

Quem já terminou a maratona da segunda temporada Stranger Things pode ler esse artigo a vontade! Quem ainda não, salva e volta depois, ok?

Depois da primeira temporada, onde fomos apresentados ao Mundo Invertido, a grande expectativa era descobrir mais sobre esse mundo escuro, cheio de fumaça e monstros. Depois de 9 novos episódios ainda temos muitas perguntas sobre esse local e, como na série Lost, talvez ficaremos com mais dúvidas do que respostas. Mas pensando pelo lado positivo imaginamos que essa seja a graça que os produtores pensaram mas nessa nova temporada descobrirmos algumas coisas bem interessantes sobre o local e seus habitantes.

Então separamos 4 coisas que aprendemos sobre o Mundo Invertido.

1. O novo dono do Mundo Invertido

A nova ameaça apresentada nesse segundo ano é um monstro gigante que deixa o Demogorgon da primeira temporada no chinelo. Os meninos apelidam ele de O Devorador de Mentes baseado no personagem do jogo Dungeons and Dragons devido seus poderes que alastraram como tentáculos e pela sua habilidade de controlar a mente de que ele quiser.

Com um formato de uma grande aranha, o monstro é uma ameaça maior e está mais presente nessa temporada, sendo personificado quase que por uma coisa só. Mas será que ele é a ameaça maior do Mundo Invertido? Será que ele é o chefão do local? Talvez, isso é uma das coisas que devemos descobrir na terceira temporada.

2. Habilidades do Devorador de Mentes

O big-bad dessa temporada acaba usando seus poderes para se espalhar e cercar toda a cidade de Hawkins. Além de usar os Demogorgon, ou os demo-cachorros como apelida Dustin, como exército ele espalha partes de si pela cidade. Ainda vemos que o Devorador de Mentes ainda tem uma habilidade de conseguir se conectar com seu exército e consegue espiar o que acontece no nosso mundo através de Will, depois que ele acaba possuindo o garoto

3. Qual o plano dessa ameaça?

Como vimos, o monstro não gosta de ambientes quentes e também parece ter um plano bem especifico: passar do Mundo Invertido para o nosso. Ele começou a ampliar o portal que foi aberto no Laboratório de Hawkins e espalha através de túneis sua presença na cidade e assim, durante a temporada, vemos ele se alastrando pela cidade, matando as plantações de abóboras e também infectando seus moradores.

Depois que Eleven fecha o portal no final da temporada, vemos que o Devorador de Mentes continua de olho nas crianças. Em entrevista os criadores da série deixam em aberto o novo plano do vilão “nesse final de temporada ele tem consciência da presença das crianças e agora particularmente tem conhecimento dos poderes de Eleven”. Os irmãos Duffer afirmam que agora que ele encontrou com a personagem ele sabe sobre os poderes da menina e então o monstro tem conhecimento do que ela é capaz.

4. O ciclo de vida de um Demogorgon

Como acompanhamos ao decorrer da temporada vimos que o bicho que Dustin encontra na lixeira da sua casa era um filhote de Demogorgon, que é uma espécie de girino. Depois eles crescem e ficam parecendo como uns sapo,s para depois ganharem uma forma maior como os demo-cachorros que conhecemos lá na primeira temporada. Tudo isso em questão de dias e Dustin acaba tendo uma relação especial com um deles, chamando o monstrinho de D’Artagnan ou Dart e ao viciar ele em chocolate acaba por salvar a pele das crianças lá no final da temporada.

E vocês o que acharam dessas novidades sobre o Mundo Invertido? Não deixem de ler nossa crítica completa da segunda temporada de Stranger Things.

Miguel Morales

Sempre posso ser visto lá no Twitter falando sobre o que acontece na TV aberta, nas séries, no cinema e claro outras besteiras. Uso chapéu branco e grito It's Handled! Me segue lá: twitter.com/mpmorales