Pretty Little Liars | 7×16 – The Glove that Rocks the Cradle

Dormindo com o inimigo… Pode valer tanto para Spencer, quanto para o Detetive Furey, que se vê em uma emboscada ao colocar a garota contra a parede e a mesma conseguir armar a maior emboscada para complicar suas investigações sobre o fato de Archer ter estado no hotel Radley no mesmo dia que Spencer esteve com ele e bêbada. Será que ela assinou a fatura de Archer? Sabemos que sim, mas será pega?

Pretty Little Liars continua com seus dramas mais intensos, e agora envolvendo morte e inseminação artificial contra as mentirosinhas…

ALERTA DE SPOILER: Este artigo contém informações sobre os principais acontecimentos do episódio. Continue a ler por sua conta e risco.

Assim, Emily e Alison começam a se entender sobre como irão criar o filho que esperam, já que o óvulo é de uma e quem carrega é a outra, em uma jogada maluca de Archer com -AD. Tivemos momentos de brigas, já que Emily é controladora, o que afasta um pouco Alison, mas depois que uma pessoa destrói o quarto da criança, elas acabam se entendendo e vendo que precisam estar uma ao lado da outra pelo bebê.

E quem acabou se rebelando contra as meninas é mesmo Aria. Quando ela engana a todos, dizendo que iria ver Ezra em sua coletiva, foi de xingar muito a mentirosinhas, que invadiu o quarto do bebê das amigas e destruiu tudo, além de colocar o mobile com as bonecas e as luvas, como se mostrasse que -AD controla a vida delas. Espero ansioso por Aria sendo desmascarada… A dúvida que fica é se nenhuma das outras também não estejam fazendo um trato com -AD, não sei porque, mas fiquei com isso na cabeça, após a cena do armário da escola.

Hanna levou o HD para enviar para -AD, mas não sabemos os planos dela, a questão agora é que Hanna confia em Lucas, mesmo o garoto tendo as HQs que escrevia ao lado de Charles/Charlotte expostas. A história da primeira HQ não conta muito, mas a 2ª e os joguinhos que ele diz ter feito, pode encrencar muito ele, principalmente com tudo o que elas tem passado. Ainda sobre Hanna, fiquei com pena de Mona, que vem buscando ainda se redimir com as meninas.

Voltando a Spencer, Caleb faz o possível para ajudá-la, para evitar que ela tenha uma recaída na bebida, e assim, ao lado de Hanna, eles invadem o escritório do Radley e destroem todos os comprovantes de compras, incluindo o que poderia incriminar a amiga. Spencer fica aliviada quando Furey a coloca contra a parede, mas já tem forças para respirar melhor e revidar as chantagens, incluindo sobre o fato dela ter pego o pendrive com o depoimento de Lucas.

Pretty Little Liars ainda não amarra suas tramas, mas colocam suas garotas contra a parede cheias de medos e esperando o que pode de pior acontecer com elas. Uma pena que algumas coisas poderiam acontecer mais rápido, mas Marlene King irá segurar o drama até o último instante…